31º WebShoppers: considerações atuais do e-commerce nacional

31º WebShoppers: considerações atuais do e-commerce nacional

Semestralmente, a E-bit divulga o Relatório WebShoppers, uma iniciativa que reúne todas as mudanças, estimativas, tendências e retornos do mercado online, a fim de que este documento seja um guia para profissionais e investidores virtuais.

 

Confira, a seguir, alguns dos principais resultados e estatísticas para o mercado online brasileiro neste ano de 2015:

 

Faturamento. Em 2014, o e-commerce nacional cresceu 24% em relação ao ano anterior, com um volume de pedido também maior, 17%, se comparado a 2013. Espera-se para 2015 um total de R$43 bilhões em faturamento, 20% maior que 2014. Quanto ao número de pedidos estima-se um crescimento de 19%, chegando a 122,9 milhões;

 

Consumidores. Um total de 10,2 milhões de novos consumidores entrou no e-commerce em 2014. Para 2015 espera-se maior engajamento e mais compras por consumidor;

 

Categorias. A categoria de Moda e Acessórios é a mais vendida do e-commerce, seguida por Cosméticos e Perfumaria, Eletrodomésticos, Telefonia e Celular, e Livros e Assinatura de Revistas; e a tendência é que esta ordem permaneça.

 

Concorrentes internacionais. Novo estudo aponta que 4 em cada 10 brasileiros fizeram compras em sites internacionais. Lojas virtuais chinesas correspondem a 60% das negociações, especialmente devido ao preço mais baixo dos produtos. É um setor que chama a atenção neste ano, especialmente, com relação à concorrência e a crescente aceitação dos consumidores brasileiros.

 

Fique atento aos caminhos tomados pelo mercado virtual e prepara seu e-commerce! Para ter acesso à 31ª edição do WebShoppers, acesse: http://www.ebit.com.br/webshoppers

 

Sucesso!

 

Comentários