4 dicas para evitar erros comuns no design da loja

4 dicas para evitar erros comuns no design da loja

As vendas online podem abrir inúmeras áreas e mercados de atuação, onde pequenas empresas têm grandes chances de tornarem-se potenciais marcas e atingir grandes públicos. Há, entretanto, enormes erros que varejistas online cometem cotidianamente, erros estes totalmente evitáveis e remediáveis quando há planejamento e cautela.

 

Abaixo seguem algumas dicas para a correção das falhas mais comuns cometidas no comércio eletrônico, bem como conselhos para evitá-las antes que estas ocorram e suas consequências venham. Veja:

 

1. Evidenciar o contato transmite veracidade;

Os e-consumidores querem ter certeza de que estão lidando com pessoas reais e que no caso de haver algum problema ou dúvida, estes poderão facilmente falar com profissionais preparados para sanar e esclarecer qualquer eventualidade. É imprescindível que o consumidor sinta segurança ao realizar transações online, tendo ciência que a empresa é de extrema confiança.

 

Sabendo disto, é importante disponibilizar em seu layout informações e contatos em posição de destaque, preferencialmente, em todas as páginas de sua loja, onde o comprador encontrará com facilidade, tornando-os mais propensos a fechar negociações em sua loja virtual.

 

Os locais mais indicados para apresentar tais informações são: cabeçalho, rodapé ou na parte superior da barra lateral, sabendo que quanto maior o valor agregado, maior a probabilidade de o consumidor fazer inúmeros contatos antes de adquiri-lo.

 

2. O carrinho de compras ideal;

O carrinho de compras é uma das mais importantes etapas da negociação virtual, sendo assim, é preciso dedicar-se ao aperfeiçoamento contínuo do mesmo, de modo a proporcionar aos consumidores usabilidade. É necessário trabalhar em prol da praticidade, permitindo ao cliente adicionar inúmeros produtos facilmente, podendo este rever quantidades e as outras opções disponíveis de um mesmo item.

 

É, portanto, necessário verificar o desempenho atual do carrinho de sua loja, conferindo se este permite ao comprador adicionar um item e, em seguida, voltar à loja para continuar comprando. Lembrando que, permitir que os consumidores visualizem o custo de envio antes de iniciar o processo de checkout é altamente eficaz e prático.

 

3. Aperfeiçoe os mecanismos de busca;

Muitas vezes o consumidor adentra a loja virtual sabendo exatamente o que procura e em muitos destes casos estes irão optar por utilizar-se de um motor de busca ao invés de pesquisar dentre os filtros e categorias. Se faz necessário, portanto, obter recursos de busca altamente eficientes, que possibilite ao consumidor filtrar e refinar seus resultados.

 

4. Simplifique ao máximo o checkout;

Esta pode ser uma das falhas mais prejudiciais que um e-commerce pode cometer. O processo de finalização da compra tem de ser o mais simplificado, usual e prático possível, sem distrações e empecilhos que podem acarretar no abandono do carrinho de compras. Torne páginas e campos tão rápidos e fáceis de preencher quanto puder.

 

Sucesso!

 

Comentários