6 motivos para você não ignorar SEO e marketing digital nunca mais

6 motivos para você não ignorar SEO e marketing digital nunca mais

Trabalhar com SEO é fundamental para uma empresa que atua na internet. Certamente, você já deve ter ouvido uma constatação como essa. Mas, afinal de contas, por que o SEO é tão importante assim? Por onde devo começar? Só o SEO resolve minha necessidade de marketing, ou preciso investir em outros canais? Sobre esses pontos é que falaremos nesse artigo.

 

1. O Google é responsável por 97% das pesquisas feitas no Brasil

 

Search Engine Optimization ou Otimização para Sites de Busca é um conjunto de técnicas aplicadas à sua loja virtual com o objetivo de indexá-la e posicioná-la em sites buscadores, especialmente, o Google – responsável por 97% das pesquisas feitas no Brasil, segundo dados da Clicky.

 

Quando um dos termos presentes em sua loja virtual (palavra-chave) é pesquisado no Google, o buscador apresenta como resultado, a página da loja virtual em que o termo se encontra. Nesse resultado, quanto mais próximo ao topo, melhor o rankeamento da sua loja virtual e, consequentemente, mais acessos e visitas seu e-commerce receberá.

 

Essas são as chamadas visitas orgânicas; isto é, pessoas que encontram sua loja sem que você pague por seu acesso.

 

2. Todos os aspectos do seu site influenciam no SEO

 

Para que o SEO seja bem sucedido, e proporcione o resultado desejado, é fundamental que o trabalho seja executado a partir de uma série de técnicas, como: título da página; URL; descrição (meta description); número de palavras-chave no texto; palavra-chave em H1 ou H2; palavras-chave relacionadas; links que direcionam para o site (link building); site responsivo, e outras ações.

 

Vale destacar aqui a importância de que o SEO de sua loja seja desenvolvido o quanto antes pois, praticamente, todos os aspectos do seu site influenciam no SEO, alguns têm uma relevância maior do que outros, mas todos interferem no rankeamento da página na internet.

 

Como todos os sites buscadores, o Google usa um algoritmo especial para gerar resultados de pesquisa. Enquanto o Google compartilha fatos gerais sobre algoritmos, os específicos são mantidos em segredo. Isso ajuda manter a competitividade diante dos outros buscadores, e reduzir a chance de alguém encontrar uma forma de burlar seu sistema. O Google usa programas automáticos chamados spiders ou robôs, e possui uma ampla ferramenta de indexação de palavras-chave, onde as palavras podem ser encontradas.

 

Registramos aqui um alerta: o trabalho de SEO é feito de forma processual. Isto é, não acredite em propostas de empresas ou profissionais que prometem seu e-commerce no ranking em poucos dias, instantaneamente. É fundamental ter os pés no chão e investir com convicção de que o que está sendo realizado é um trabalho sério e que gerará resultados a médio e longo prazo.

 

3. O Google visita regularmente a sua loja

pasted-image-at-2017_01_11-12_32-pm

4. O Google recebe mais de 35 mil pesquisas por segundo

Muitos lojistas se perguntam “por que eu preciso ter meu e-commerce na primeira página do Google para ter melhores retornos em vendas dentro da minha loja?” Essa é uma questão interessante. Veja alguns motivos:

• No Brasil, há mais de 200 milhões de habitantes;
• Mais de 120 milhões de habitantes acessam à internet;
• Diariamente, mais de 62 milhões navegam no Facebook, e 25% o faz por mobile;
• O Google recebe mais de 35 mil pesquisas por segundo;
• A primeira posição do Google recebe 18,2% de todo o tráfego;
• A segunda posição, recebe 10,1%;
• A terceira posição, recebe 7,2%;
• A quarta posição, recebe 4,8%.
• Todos os outros resultados, recebem menos de 2% dos cliques.

Agora, imagine as páginas que aparecem da segunda página em diante, quantos acessos recebem… bem poucos, realmente! Dessa forma, a presença de sua loja virtual na primeira página do Google, nas primeiras posições, conforme as palavras-chave investidas, é fundamental para o sucesso do seu empreendimento.

5. Se sua loja virtual não aparecer, ela nunca será conhecida

No universo digital, toda técnica que promova sua loja positivamente é bem-vinda, afinal, se sua loja virtual não aparecer, ela nunca será conhecida por seu público, nem possibilitará que bons negócios aconteçam. Dessa forma, além do SEO, pode-se apostar em estratégia como:

SEM ou Links patrocinados.O ‘pay-per-click’ (pagamento por clique) é uma forma para gerar tráfego e vendas. Compra-se alguns anúncios no Google, com base nas palavras-chaves usadas em seu e-commerce (exemplo: Motosserra Husqvarna, Câmera Digital Canon, etc); e o pagamento é feito se a pessoa clicar. Se sua página for atraente o suficiente, este clique pode valer muito para seu e-commerce, na conclusão da negociação.
Comparadores de preço. Sites comparadores de preço são ambientes onde é possível cadastrar seus produtos para que os consumidores comparem os valores e adquiram o que mais lhe agrada. Com uma boa estratégia de preços, é possível conquistar a preferência dos consumidores. São exemplos de sites comparadores: Google Shopping, Buscapé, Bondfaro, e outros.

Mídias sociais e Blog. O marketing realizado pelas mídias sociais e blog é chamado de marketing de conteúdo. Isso porque, o empreendedor deve oferecer, primeiramente, um conteúdo interessante ao consumidor para que este seja atraído a curtir sua página, interagir com a publicação e, por fim, comprar. Também é um trabalho de médio/longo prazo onde o objetivo é conquistar o consumidor pelo interesse e convencê-lo de que sua loja pode suprir a necessidade na aquisição de um produto ou serviço.

Anúncios patrocinados em mídias sociais. São anúncios pagos às plataformas de mídia social com o objetivo de apresentar informações de caráter relevante a um público com características selecionadas, com base em localização, interesses específicos, gênero e outros filtros que possibilitam o agrupamento de pessoas com particularidades semelhantes, mais propensas a consumir.

E-mail marketing. Já chegaram a pensar que o e-mail marketing acabaria, mas não aconteceu. Pelo contrário, muito embora outras mídias sejam eficazes no relacionamento virtual, a ferramenta de e-mail é a mais assertiva e pessoal quando o assunto é comunicação direta com o cliente. Por isso, sempre é interessante desenvolver campanhas personalizadas e segmentadas juntos aos potenciais consumidores.

6. Um total de 74% das pessoas pesquisam na internet antes comprar

Trabalhar SEO e outras estratégias de marketing digital é fundamental porque 74% das pessoas pesquisam na internet os produtos que pretendem comprar, antes de efetivamente fazê-lo, segundo a IAB Brasil. Além disso, através das estratégias de marketing suas campanhas serão direcionadas ao público-alvo correto, garantindo mais eficiência e resultando na obtenção de retornos mais positivos.

Invista em SEO; invista em marketing digital, e não mais ignore a potência dessas técnicas na atração de seus consumidores. Leve seu negócio ao destaque no mercado e na mente do seu público. Sucesso!

Comentários