Análise SWOT: a base para um planejamento de sucesso

Análise SWOT: a base para um planejamento de sucesso

Todos nós já passamos por um momento de decisão. Seja pessoal ou profissional, a maioria das pessoas já se viu insegura em tomar determinada atitude. Nessa hora, costumamos pensar de maneira analítica, medindo os prós e os contras. Com as empresas, acontece a mesma coisa, e essa análise tem nome: SWOT.

SWOT é a sigla de Strengths, Weakness, Opportunities e Threats, que significam, respectivamente, Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. A análise é muito utilizada dentro do planejamento estratégico das empresas, averiguando o cenário interno e externo da empresa.

Muitos empreendedores e profissionais da área acreditam que a análise SWOT é o segredo de uma boa gestão ou de um planejamento estratégico adequado às necessidades específicas da empresa. Por ser um processo relativamente simples, pode ser aplicado em qualquer empresa, de pequeno a grande porte.

Para uma aplicação eficiente, é necessário entender o conceito da estratégia e cada uma de suas definições.

Strengths (Forças)

A força da empresa diz respeito a seus diferenciais e vantagens internos em relação aos concorrentes. Algumas perguntas podem ser feitas durante esse processo, como: qual o diferencial da minha empresa? O que minha empresa faz bem? O que os colaboradores enxergam como ponto forte da empresa?

Um exemplo de força seria uma diferenciação tecnológica, um atendimento diferenciado ou até mesmo preços competitivos.

Weakness (Fraquezas)

Já neste ponto é preciso ser transparente e honesto consigo mesmo. Afinal, listar as fraquezas da sua empresa nem sempre é fácil, mas é necessário. Quais os problemas da sua empresa em relação aos concorrentes ou empresas do segmento? O que você ainda precisa melhorar?

Alguns exemplos de fraquezas poderiam ser equipe reduzida, colaboradores não qualificados ou até mesmo defasagem no atendimento ou pós-venda.

Opportunities (Oportunidades)

Neste ponto, começa a análise do ambiente externo à empresa, que independe de ações tomadas internamente. São forças que influenciam o seu negócio de maneira positiva, e podem potencializar a vantagem competitiva da marca.

Alguns exemplos seriam uma abertura de mercado, uma tendência tecnológica ou uma novidade do segmento.

Threats (Ameaças)

Da mesma forma que fatores externos podem influenciar positivamente, eles também podem trazer impactos negativos ao empreendimento. O que, de alguma forma, compromete o crescimento da sua empresa? Quais são os aspectos negativos que, por sua vez, podem impactar a vantagem competitiva da marca?

Geralmente, a situação econômica é um ponto a ser levantado. Há também fatores como concorrência ou alterações de consumo.

A análise SWOT aplicada ao e-commerce

O planejamento é um passo extremamente importante quando você começa a investir na sua loja virtual. As constantes mudanças no mundo da tecnologia precisam ser minuciosamente analisadas, e o SWOT permite essa pesquisa.

Quando aplicada ao e-commerce, a análise SWOT permite uma visão geral de todo o quadro da empresa, desde fatores internos a fatores externos. Isso possibilita ampla visão dos processos atuais e futuros, além de pontos a serem otimizados e dificuldades ao decorrer do processo.

Mas lembre-se: a análise SWOT não deve ser feita apenas durante o primeiro momento de seu novo empreendimento. Assim como o mercado e a forma de consumir, os fatores internos e externos à sua empresa estão em constante modificação. Por isso, é importante que a análise seja feita periodicamente.

Com isso, concluímos ser muito importante, antes de qualquer coisa, fazer análises para elaboração de um planejamento. Desta forma, você terá uma visão ampla dos seus processos, e seu e-commerce estará ainda mais propenso ao sucesso.

Comentários