Aprendendo com as PME’s virtuais

Aprendendo com as PME’s virtuais

Ao entrar no mercado virtual é interessante e também muito comum espelhar-se em grandes empreendimentos. Contudo, em se tratando de sucesso na conquista de consumidores, as pequenas e médias empresas nos apresentam grandes lições.

 

Com uma rápida análise, avalie tais comportamentos e atitudes relacionadas às PME’s e aplique-as ao seu negócio. Independe do porte de sua loja virtual, bons exemplos devem sempre ser seguidos.

 

Acessibilidade e proximidade. Uma PME tem a vantagem de poder ser mais acessível aos clientes, o que geralmente não acontece com um grande empreendimento. No entanto, vale destacar que a proximidade com o consumidor só traz bons resultados e, por isso, tal iniciativa não pode se perder com o crescimento da empresa; é preciso se relacionar com o cliente sempre.

 

Solução eficaz de problemas. Normalmente, a pequena/média empresa leva um tempo menor para solucionar problemas do que uma grande empresa, pois como esta possui muitos departamentos as informações, geralmente, devem passar por muitas pessoas. No entanto, é necessário sempre simplificar o processo de solução de ocorrências ou resposta às reclamações, tornando-o eficaz para sua empresa e satisfatório para seus clientes.

 

Personalização com objetivos claros. Uma das tendências do e-commerce é tornar a loja virtual a mais próxima e pessoal possível de seus consumidores, prova disso, são as apostas no layout e os estudos sobre o comportamento do consumidor. Nesse sentido, as PME’s costumam promover a identificação com seus clientes, atendendo às suas necessidades de consumo. Embora seja um caminho mais amplo a se seguir, os grandes empreendimentos ainda devem buscar atender aos consumidores com o objetivo de suprir suas necessidades e conquistar a fidelização dos mesmos.

 

Qualidade como função primordial. Toda empresa, independente de seu tamanho, pode prestar serviços de qualidade. Nesse tópico inclui-se o relacionamento com o cliente, a eficiência na resolução de problemas, na proximidade com o cliente através da personalização e muitos outros aspectos. Entende-se que, para uma empresa menor, o gerenciamento desses fatores é mais simples, no entanto, é essencial adaptar seu negócio a tais realidades para ser um e-commerce completo.

 

Sucesso!

 

Comentários