Aprendendo com o comportamento do consumidor

Aprendendo com o comportamento do consumidor

Entender como o consumidor virtual se comporta e trazer esta realidade para seu e-commerce, é um dos grandes trunfos para conquistar o sucesso no mercado virtual. Segundo pesquisas do IBOPE, este ano de 2014 promete crescimentos ainda mais expressivos, mas é preciso entender como o cliente está enxergando tudo isso. Veja:

 

Empreendedorismo.

Apenas em 2013, cerca de R$ 28 bilhões em pedidos foram realizados no e-commerce nacional, cerca de 50 milhões de pessoas comprando online. Pesquisas revelam que este total deve duplicar em quatro anos, ou seja, se você ainda não tem uma loja virtual, invista! O e-commerce está crescendo.

 

Procura e preferência.

Entre os segmentos mais procurados pelos consumidores online estão eletrônicos, equipamentos portáteis, vestuário, moda e beleza e, em crescimento também, serviços como produtos para animais e artigos para bebês. Analise corretamente as preferências de seu público-alvo para começar o negócio acertando o alvo.

 

Compras internacionais.

O Brasil já aparece entre os países que mais gasta em sites estrangeiros. Em 2013 foram R$ 1,3 bilhões movimentados em lojas virtuais americanas, representando US$23,2 bilhões dos gastos mundiais. Seu e-commerce deve se preparar para conquistar o consumidor brasileiro, levando em consideração que lojas virtuais de outros países já são fortes concorrentes.

 

Vendas internacionais.

Em contra partida, lojas virtuais brasileiras também têm sido buscadas por consumidores internacionais. Dados apontam que as vendas internacionais no Brasil representaram R$ 1,5 bilhão, movimentados em 2013. Esse número promete triplicar em 4 anos. Quanto a isso, já é ideal estruturar seu e-commerce também, especialmente quanto ao processo logístico. Leia “Correios apostam no ‘Exporta Fácil’ para auxiliar empresas nacionais”.

Presença social e boa reputação.

O estudo realizado apontou, ainda, que grande parte dos consumidores busca quem possa conceder informações sobre as lojas virtuais que desejam comprar, nas redes sociais. Tais informações são conselhos de amigos e conhecidos e, até mesmo, o contato direto com o perfil das lojas nas mídias. O que comprova a necessidade de estar presente em mídias sociais, bem como manter uma boa reputação diante dos potenciais consumidores ou todos que possam indicar sua marca.

 

Atente-se em como seu consumidor está se comportando e adapte-se às suas necessidades! Sucesso!

Comentários