As vantagens das PME’s no Comércio eletrônico

As vantagens das PME’s no Comércio eletrônico

No Brasil, as Micro e Pequenas Empresas representam um faturamento de 20% do e-commerce, o que equivale a receita de cerca de R$ 2 bilhões por ano. A expectativa da camara-e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico) é de que o e–commerce apresente um crescimento de 40% até o final de 2010.

 

O diretor executivo da camara-e.net, Gerson Rolim, salienta que as micro e pequenas empresas devem aproveitar esses números e estimativas para obterem diferenciais, já que não é considerado efetivo concorrer com as grandes lojas.

 

Uma das vantagens das MPE’s é a possibilidade de atender nichos de mercado específicos, assim, o lojista pode comprar e vender em menor quantidade, porém com maior rotatividade. Suprir a necessidade do consumidor e algumas vezes até criá-la, fideliza o cliente na loja, que tem os produtos exclusivos.

 

O período de vendas sazonais, onde essas são elevadas consideravelmente, que é o Dia das mães, Dia dos Namorados, Natal, Dia das Crianças e Dia dos Pais, no ano de 2010, superaram e estão superando todas as previsões que foram feitas pelos sites de pesquisas e estatísticas.

 

O comércio eletrônico é um negócio democrático. As grandes empresas têm o seu espaço, porém as MPE’s estão conquistando a confiança dos internautas e muitas vezes ganhando a preferência também, já que a possibilidade de um atendimento personalizado ou mais íntimo atrai muitas pessoas.

Comentários