Comércio eletrônico no Brasil deve faturar R$ 2,6 bilhões no terceiro trimestre

Comércio eletrônico no Brasil deve faturar R$ 2,6 bilhões no terceiro trimestre

Dia dos Pais e redução do IPI incentivam aumento de 30% na receita do período, que deverá ter maior tíquete médio da história do setor.

 

O comércio eletrônico brasileiro deverá movimentar 2,6 bilhões de reais durante o terceiro trimestre, aumento de 30% em relação ao mesmo período de 2008, segundo estimativa da consultoria e-bit divulgada nesta terça-feira (15/9).

 

??Com o crescimento no período, tradicionalmente mais fraco que os segundo e quarto trimestres (que se beneficiam, respectivamente, do Dia das Mães e do Natal), o setor brasileiro deverá fechar 2009 movimentando 10,5 bilhões de reais.

 

??Ainda que o Dia dos Pais não se compare às duas datas comemorativas citadas em termos mercadológicos, o terceiro trimestre deverá atingir o maior tíquete médio da história do comércio eletrônico nacional, incentivado também pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) – cerca de 340 reais, segundo a e-bit.

 

??Caso a projeção da e-bit para 2009 se concretize, o número representará um aumento de 28% em relação aos 8,2 bilhões de reais gastos pelos brasileiros pela internet durante 2008. No primeiro semestre, o Brasil movimentou 4,8 bilhões de reais pelo comércio eletrônico.??

 

O número de usuários de serviços de venda pela internet cresce na mesma toada do valor movimentado. A e-bit projeta que 17 milhões de brasileiros terão comprado online em 2009, 28% a mais que os números referentes ao ano passado.

 

Fonte: IDG Now!

Comentários

Palavras-chave: