Como anda o RH de sua empresa, lojista?

Como anda o RH de sua empresa, lojista?

Durante a revolução industrial (XVIII e XIX) o centro das atenções em uma empresa era a máquina. Os trabalhadores perderam o controle do processo produtivo, pois passaram a ser operários, ou seja, operavam as máquinas que pertenciam aos donos da produção os quais passaram a receber todo o lucro. Porém, na atualidade vivemos outra realidade, o trabalhador se tornou parte do investimento de pequenas, medias e grandes empresas, investe-se, hoje, em intelectual humano.

 

O RH tem papel primordial em uma empresa, pois por se tratar de uma área interdisciplinar tem a obrigação de envolver os conceitos de várias áreas. Por tratar diretamente com pessoas, indivíduos com personalidades e talentos diferentes, acaba por requerer que o especialista em gestão de pessoas tenha um bom volume de conhecimentos em várias áreas.

 

O planejamento adequado da área de RH descola toda a importância da empresa para os funcionários, este fato se dá pelo reconhecimento formal do quadro de pessoal, quando há reconhecimento do trabalho o retorno é imediato, pois o colaborador trabalha pelo bem incondicional da empresa. Quando o RH é organizado é possível saber quando o colaborador pode desempenhar um trabalho além do esperado ou ainda quando em certo período, por motivo pessoal ou relacionado ao trabalho, seu desempenho está afetado.

 

Muitas empresas não sabem, ainda, lidar com o fato de que o ativo principal da organização é o colaborador. Diante deste dilema está o setor de gestão de pessoas e sua importância em proporcionar a organização e soluções para que os funcionários possam desempenhar da melhor forma, possível, seu trabalho.

 

Faz parte da rotina do RH inserir programas de qualidade de vida no trabalho, treinamentos, incentivos financeiros e de bem estar. Além de organizar políticas para que as pessoas possam desempenhar seu trabalho com maior eficácia.

 

O gestor de RH tem como principal interesse motivar os colaboradores para que os mesmos alcancem os objetivos organizacionais de modo eficaz, pois é o único departamento que tem as características necessárias para efetuar essa motivação dentre os funcionários.

 

Para isso, será preciso sair de traz da mesa e partir para ação. Só assim, será possível entender e direcionar as características e diferenças de cada colaborador. Tal ação resultará no entendimento da diversidade e singularidade de cada membro da equipe para que haja o correto direcionamento às áreas de trabalho para proporcionar o melhor desenvolvimento dos processos administrativos da organização.

Comentários