Como contratar uma transportadora que contribua com os melhores resultados para o seu negócio

Como contratar uma transportadora que contribua com os melhores resultados para o seu negócio

Definir e contratar a transportadora certa é um passo crucial para garantir o sucesso de sua loja virtual. Perder vendas por falhas na logística é imperdoável. Para que esse problema não ocorra, é preciso encontrar um parceiro que se encaixe ao seu modelo de trabalho.

Acertar nesse ponto é ter a garantia de resultados positivos. Por isso separamos alguns fatores de grande impacto para lhe auxiliar na decisão certa.

Lista de transportadoras 

Antes de qualquer passo, pesquise e liste algumas transportadoras, e, em seguida, faça um filtro inicial para aprimorar os resultados, e deixar apenas as que ofereceram valores melhores, apresentaram comprometimento, e de alguma forma lhe passaram confiança.

Abrangência

É fundamental que a transportadora escolhida trabalhe nas regiões onde tem o seu maior índice de vendas, por isso verifique a abrangência antes mesmo de contratar.

A partir disso, você pode definir se o parceiro consegue cobrir toda sua demanda por um preço acessível, ou se é possível dividir a carga e confiar parte dela para as regiões onde o nível de serviço da transportadora é melhor. Estratégia que muitas vezes é mais interessante economicamente para e-commerces.

Cálculo do frete

No processo de decisão de escolha da nova transportadora, o responsável não deve se atentar apenas com o preço, existe outros fatores ainda mais importantes, levando em conta que o valor do frete varia de cada empresa. Dessa forma, vale a pena entender quais são as variáveis utilizadas no cálculo, e qual o seu impacto no valor final.

Cobrança de taxas

Outro ponto relevante são taxas cobradas após o cálculo de frete. Elas variam de transportadora para transportadora e não há padronização.

Algumas taxas adicionais famosas são:

  • Taxa de dificuldade de entrega;
  • Taxa para veículo delicado;
  • Taxa de coleta e entrega;
  • Taxa de restrição de trânsito;
  • Taxa para devolução;
  • Taxa de difícil acesso;
  • Taxa de carregamento;
  • Taxa de autenticação de documentos.

Entenda que as taxas adicionais vão de acordo com a transportadora. Portanto, tire todas as dúvidas sobre valores extras, para saber quais são os reais custos e despesas.

Demanda

Passe para a transportadora todas as informações sobre entregas, o volume de vendas, média de envios para cada região, prazo de entrega estipulado ao cliente, e vale também informar com antecedência o volume médio de entregas em períodos de pico e datas comemorativas do seu segmento.

Isso ajuda no fechamento do contrato com a transportadora, uma vez que essas informações são definidas e informadas, as condições ficam claras, e combinadas com antecedência, para que não haja problemas futuros de alinhamento.

Cláusulas do contrato

O contrato deve ter as obrigações básicas de cada uma das partes, além dos serviços de infraestrutura da transportadora. Dessa forma, preste atenção em todas a cláusulas, e dê um cuidado maior aquelas que abordam política de reajustes, logística reversa e envio mínimo. Antes de assinar, tenha certeza que está de acordo com todas elas.

Equipe

O preparo dos funcionários é crucial para prestar um serviço de qualidade. Então analise se o operador de logística investe em treinamentos ele aumentar o nível do serviço prestado.

Avalie se motoristas e entregadores estão treinados e qualificados para oferecer um serviço de excelência para seu cliente, se utilizam uniformes, o que por questões de segurança é de extrema importância, se são educados. Lembre-se, trabalhar com uma equipe capacitada reduz problemas com comportamento e não cumprimento de orientações.

Quantos parceiros devo considerar quando estiver na fase de contratar transportadora?

Não existe um número concreto de quantas transportadoras precisa ter parceria para que seu envio seja considerado eficiente, porém existem alguns aspectos a se levar em consideração para facilitar essa decisão.

Dividir carga

Alguns e-commerces funcionam perfeitamente com um operador logístico, já outros, encontram vantagens em utilizar um parceiro para cada região que trabalha. É uma maneira de conseguir a qualidade do serviço e os melhores preços que cada transportadora faz para cada região, levando em conta que essa é uma das áreas que mais demanda investimento, toda forma de reduzir custos é válida.

Analisar indicadores

A única maneira de saber se fez a escolha certa, é medindo alguns indicadores de desempenho importantes, tais como:

  • Nível de serviço de entregas
  • Índice de avarias e extravios
  • Índice de trocas e devoluções

Com um mercado em constante crescimento, e cada vez mais competitivo, é necessário planejar e estruturar o processo de seleção para garantir boas parcerias de negócios.

É preciso ter cautela e sensibilidade na decisão de qual transportadora irá trabalhar, e buscar sempre a qualidade no serviço prestado.

Comentários