Considerações sobre política de frete no e-commerce

Considerações sobre política de frete no e-commerce

Quando falamos de logística e política de frete, é comum destacarmos a importância de garantir que a mercadoria chegue ao consumidor no tempo que ele espera, e de uma forma que possa superar suas expectativas.

 

Contudo, outros fatores são interessantes para o conhecimento do lojista a fim de oferecer ao consumidor aquilo que o atraia. Pensando nisso, a Axado desenvolveu um estudo destacando pontos da realidade brasileira na entrega de pedidos.

 

Entre os destaques do estudo podemos elencar:

 

Destinos das compras virtuais.

Os principais destinos logísticos no e-commerce são: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador e Fortaleza. Localidades diferentes, que demandam políticas diferentes, por isso é interessante pensar especificamente nas regiões que sua loja atende.

Características de pedidos.

De forma geral, a pesquisa aponta que, em média, um lojista entrega 3 produtos por pedido, sendo 1,5 kg o peso médio de cada pedido, com um ticket médio de R$250,70. 21% das negociações são feitas com frete grátis e, nessa ocasião, o custo do frete para o lojista é de R$14,30.

 

Preço e preferência do consumidor.

As médias do mercado apontam que as opções de frete mais comuns dividem-se entre Expresso (R$14,20 em 4 dias) e Mais Barato (R$9,90 em 6 dias), sendo que a maioria dos consumidores preferem pagar menos, 59%; contra 16,4% que optam por método expresso.

 

Analise bem esses dados e crie estratégias inteligentes de políticas de frete para o seu e-commerce, com base na preferência e disposição de seus consumidores. Sucesso!

 

Comentários