Cresce venda de itens alimentícios via web

Cresce venda de itens alimentícios via web

O avanço do e-commerce não pode ser subestimado. Toda a tecnologia virtual segue para facilitar a vida do consumidor, e o seu e-commerce precisa estar atento às inovações. A novidade da vez aparece no segmento alimentício e no seu crescimento dentro do mercado virtual.

 

Segundo pesquisa realizada nos Estados Unidos, metade das pessoas que compram comida online ampliou suas negociações em itens comercializados por pedido, ou seja, as pessoas estão comprando mais alimentos via web. O relatório aponta que o comércio deste tipo de mercadoria cresceu 29% em relação ao ano passado.

 

Entre as preocupações deste negócio, a qualidade dos alimentos é a principal, e os pontos como embalagem, frescor e entrega ainda são muito discutidos. Nos EUA, a venda de alimentos online cresce, especialmente, pelas novas estratégias de logística e a opção “click and collected”.

 

Para o Brasil, a oportunidade permanece aberta. Vale, portanto, diante dos exemplos, a adaptação e a busca pelos parceiros ideais para fazer este segmento se expandir com sucesso também por aqui.

 

Comentários