Cuidado com a Síndrome da Gabriela

Cuidado com a Síndrome da Gabriela

A regravação da novela Gabriela acabou na última semana, mas a música tema da série não deixará nossas mentes assim tão fácil. O trecho “eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim… Gabriela… sempre Gabriela”, pode ser aplicado facilmente ao mercado virtual.

 

A síndrome da inflexibilidade, também conhecida como síndrome da Gabriela é um grande problema para as lojas virtuais que, ao invés de seguirem as tendências do mercado online e suas constantes atualizações, rejeitam tais mudanças e acabam estagnando. Para combater esse mal, veja algumas dicas:

 

Sabe o tradicionalismo? Use-o da maneira correta. É interessante analisar a história de sua empresa, seus períodos de sucesso e seu andamento, ok. Mas use estes dados para análise e criação de novos momentos de expansão e negociações. Não insista em aplicar ações ultrapassadas. Inove;

 

Fique de olho nas atualizações do mercado. O mercado virtual é relativamente novo e suas atualizações são intermináveis. Isso significa que você, lojista, deve atentar-se e analisar quais são as oportunidades de crescimento para o seu negócio, através de tais mudanças. Não se contente com o mesmo, nem com a média;

 

Em time que está ganhando não se mexe? Depende, no mercado virtual se mexe sim. É preciso ter muito cuidado com esta questão. O que você está fazendo que torna sua empresa vencedora? E em quanto tempo sua concorrência estará fazendo o mesmo que você? Você já tem um plano B, um próximo passo ou uma nova carta na manga?

 

A expressão “eu nasci assim, cresci assim e vou ser sempre assim” pode até combinar com a Gabriela, mas nunca pode identificar sua loja virtual. Afinal, sua empresa não nasceu grande e, se você não cuidar, não crescerá, muito menos permanecerá em expansão.

 

Por isso, avalie, busque o crescimento, conquiste mais consumidores, aplique novas ações, personalize seu layout, faça novas campanhas de e-mail marketing, de SEO e de divulgação. Crie novas promoções, novos perfis, novas oportunidades! Seja um empreendimento evolutivo: cuidado com a Síndrome da Gabriela!

 

Sucesso!

Comentários