E-commerce de estimação: Petshops virtuais

E-commerce de estimação: Petshops virtuais

A segmentação online, possibilitada pelo comércio eletrônico é uma ferramenta que permite atenção à um público específico e com isso, comporta alguns benefícios como o atendimento característico aos consumidores virtuais, melhor controle de estoque, foco em apenas um modo de prestação de serviço e a fidelização dos clientes.

 

Aproveitando tendências comportamentais, como por exemplo, o fato de as pessoas estarem se casando mais tarde, tendo filhos mais tarde e transferindo cada vez mais suas carências para um animal de estimação, as lojas virtuais apostaram na segmentação de pet shops virtuais, considerando que o Brasil é o terceiro maior país nessa categoria.

 

Pesquisas revelam que, atualmente, mais de 65% das famílias brasileiras de classe A e B possuem animais de estimação. Já na classe C, este número sobe para cerca de 70%, sendo que uma família de classe média gasta em torno de 150 reais por mês com seus bichinhos. Com isso, as perspectivas para esse empreendimento através da web são bastante promissoras.

 

Para tornar o pet shop virtual próspero é necessário trabalhar com produtos diferenciados, de caráter alimentício, cosmético, de medicamento e de acessórios. Além disso, condições específicas de negociações para o público, visando sempre sua satisfação e fidelização é fundamental. Atualmente, os cálculos de faturamento anual desse segmento, têm sido em torno de 1,5 bilhões de dólares, com claras oportunidades de crescimento no e-commerce brasileiro.

 

Boas vendas!

Comentários