E-commerce e o Dia das mães

E-commerce e o Dia das mães

Inaugurando o período das datas sazonais, o Dia das Mães, promete um expressivo crescimento no e-commerce 2010. Um crescimento de 40% é esperado sobre os R$ 440 milhões verificados no mesmo período do ano passado, segundo a e-bit, empresa especializada no monitoramento do comércio eletrônico.

 

O Dia das Mães é a segunda data mais lucrativa do ano, atrás apenas do Natal, sendo que seu período de lucro estende-se de 25 de abril a 9 de maio. A expectativa para 2010 é que o número de 17,6 milhões de e-consumidores contabilizados no ano passado, ultrapasse os 23 milhões.

 

Na estratégia das empresas de e-commerce, além das promoções, descontos e facilidades de pagamento, a segurança também é vendida como um item a mais pelos sites. Desses 40% esperados, boa parte deve ficar nas mãos das Pequenas e Médias empresas, que com a pulverização do comércio eletrônico tem ganhado mais espaço e aumentado sua participação no faturamento total das lojas virtuais brasileiras. Analisa-se que a data movimentará cerca de R$620 milhões, sendo que essa contribuição para o setor do comércio eletrônico é essencial; “temos um histórico de relativa importância no Dia das Mães, principalmente se compararmos com o Dia dos Pais ou o Dia das Crianças”, diz Pedro Guasti, diretor geral da e-bit.

 

No ano passado, o segmento que mais vendeu nesse período, foi o de livros, cerca de 20% das vendas realizadas. Cosméticos e perfumaria ficou em segundo lugar, com 16%, e os eletrodomésticos com 10%, alcançou o terceiro lugar. Já para esse ano, acredita-se, que haverá uma maior procura por produtos de valores mais altos nessa data comemorativa, como aparelhos eletrônicos, celulares e computadores portáteis, uma vez que o e-commerce permite o parcelamento das compras em até 12 vezes sem juros. Dessa forma o consumidor enxerga maiores vantagens e de fato efetiva a compra.

 

Enquanto em outros países, os números do comércio eletrônico são mais expressivos, no Brasil, este é um mercado ainda a ser explorado, pois quanto mais a classe C tem acesso ao computador, mais o e-commerce vende, e este período de Dia das Mães é a prova desse fato.

Comentários