E-commerce: superando expectativas

E-commerce: superando expectativas

A previsão para o ano de 2010 no comércio eletrônico é de que este cresça 35% se comparado ao ano de 2009, porém, os números estão ainda melhores. Só no primeiro semestre deste ano o e-commerce brasileiro faturou R$ 6,7 bilhões e obteve um crescimento de 40% relativos ao mesmo período do ano passado. O tíquete médio também aumentou, foi de R$ 379 representando um crescimento de 17% em relação a 2009, que era de R$ 323.

 

O aumento das vendas se deve às formas de pagamento, já que há uma maior regularidade na venda de produtos com alto valor agregado e esta vem se mostrando a escolha preferida dos internautas, sendo assim o parcelamento que o e-commerce oferece facilita para as classes mais baixas. Os dados mostram que 20 milhões de pessoas compraram pelo menos uma vez pela internet e esse número pode chegar à 23 milhões até o final do ano.

 

Os produtos mais vendidos nesse primeiro semestre foram os livros, as assinaturas de revistas e jornais e eletrodomésticos, representando 15% e 14% das compras, respectivamente. Algumas datas influenciaram as vendas, visto que no Dia das Mães o e-commerce obteve muito sucesso e o mesmo também foi impulsionado pelas altas vendas de eletrônicos, por exemplo, devido à época de Copa do Mundo.

 

Por fim, o crescimento estimado para o ano todo foi superado em apenas um semestre e até o final de 2010 é esperado que o e-commerce alcance R$14,3 bilhões, fato que mostra a expansão e aceitação do comércio eletrônico perante a sociedade. Os números apontam que as expectativas por mais otimistas que possam parecer, sempre são superadas, o que para o e-commerce é mais uma prova do quanto este negócio está dando certo.

 

Boas vendas!

Comentários