Empreendedorismo feminino cresce 21,4% no Brasil

Empreendedorismo feminino cresce 21,4% no Brasil

Segundo um estudo desenvolvido pelo Sebrae, mesmo as mulheres não sendo maioria no empreendedorismo nacional, a categoria cresceu 21,4% enquanto a participação dos homens empreendedores avançou 9,8%, considerando o período entre 2001 e 2011.

 

O Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, criado pelo Sebrae em parceira com o Dieese, apresenta que de cada dez empresas, três são comandadas por mulheres.

 

Conforme a pesquisa, o perfil das mulheres empreendedoras é baseado em:

 

• 41,3% têm entre 18 e 39 anos;
• 52% têm entre 40 e 64 anos;
• 40% delas são chefes de família;
• 70% têm ao menos um filho.

 

No e-commerce, não é diferente. As mulheres não são apenas responsáveis pelo maior consumo virtual (55% – 28º Webshoppers), mas também por muitas lojas virtuais de sucesso, especialmente voltadas ao segmento de moda e acessórios.

 

Entre as características da mulher empreendedora, destaca-se o fato de que as mulheres, geralmente, dão mais atenção aos clientes. Esse fator, indispensável em qualquer negócio atualmente, faz com que tais lojas virtuais se destaquem e conquistem maior espaço no mercado.

Comentários