Empreendendo ou consumindo, elas dominam

Empreendendo ou consumindo, elas dominam

No mês das mulheres, não pode-se deixar passar em branco a atuação do perfil feminino no crescimento do comércio eletrônico brasileiro. Elas sempre estiveram na história do e-commerce comprando mais do que os homens, sendo durante as datas comemorativas, o principal público-alvo a ser conquistado.

 

No entanto, pesquisas realizadas recentemente, apontam que as mulheres não apenas ampliam sua participação nas negociações online consumindo, mas também empreendendo, ou seja, abrindo lojas virtuais. O aumento de empresas virtuais dirigidas por mulheres sobe cerca de 30% ao ano.

 

Nas compras online, as mulheres normalmente buscam encontrar descontos nos produtos, nos serviços, no frete ou qualquer outro fator que gere a elas uma sensação de satisfação. Além disso, as mulheres consomem produtos dos mais diversos segmentos, seja beleza, livraria, casa, eletrônicos, etc.

 

Não há mais como negar, o público feminino domina a web, principalmente, o comércio eletrônico. Portanto, que tal abrir espaço, promoções e descontos para conquistar novas consumidoras ou parceiras de negócios? Pois da arte de consumir elas já entendem, agora estão provando que também são feras em empreender.

 

Comentários