Erros a se evitar em usabilidade – Parte I