Faturamento do e-commerce, em 2017, pode chegar a US$ 25 bi

Faturamento do e-commerce, em 2017, pode chegar a US$ 25 bi

Diante dos países sul-americanos, o Brasil destaca-se como uma potência no comércio eletrônico, conforme recente pesquisa realizada pela Forrester. Sozinho, o mercado virtual brasileiro movimentou mais da metade da receita do Mercado Livre, neste primeiro semestre.

 

O estudo constatou, ainda, que se o e-commerce brasileiro mantiver a boa média de crescimento, em 2017, o faturamento anual chegará a 25 bilhões de dólares. Esse total representa mais que o dobro do potencial esperado para este ano, cerca de US$ 12.

 

O grande motivo para esta ampliação no faturamento é a rápida evolução do mercado online em nosso país; gerado, principalmente, pela abertura conquistada não apenas pela classe média, mas por todas as classes sociais, tornando o e-commerce mais acessível.

 

A pesquisa ainda constatou que a maioria dos produtos comercializados virtualmente por aqui continua sendo eletrônicos e artigos de informática. Contudo, pode-se perceber, também, a expansão da categoria de acessórios e vestuário entre os produtos mais procurados, principalmente em datas comemorativas.

Comentários