Novas oportunidades no e-commerce: fique por dentro!

Novas oportunidades no e-commerce: fique por dentro!

O e-commerce brasileiro está em pleno crescimento e, sendo assim, junto ao seu desenvolvimento, novas ideias e adaptações têm surgido para este negócio. Vamos conhecer algumas fases do e-commerce para entender o que promete ser um grande “boom” neste varejo.

 

Fase da desconfiança

O início do e-commerce no Brasil foi permeado pela insegurança. Pela primeira vez, os clientes poderiam comprar sem sair de casa e, mais ainda, pagar sem sair de casa, que era a grande questão. Nesta fase, os produtos mais vendidos pela internet eram livros, CDs e DVD’s, que ajudaram a consolidar a segurança dos consumidores.

 

Fase dos eletrônicos

A segunda fase do e-commerce brasileiro foi marcada pela venda massiva de eletroeletrônicos. Produtos como televisões, celulares, computadores, fogões e geladeiras convenceram os consumidores a investir no ambiente virtual pela facilidade de compra e parcelamento e, principalmente, pelos preços, muitas vezes, mais acessíveis do que em lojas físicas.

 

Fase da confiança

Em sua terceira fase, o e-commerce brasileiro despontou e, somente no início de 2013 contou com 43 milhões de e-consumidores, segundo pesquisas da e-bit. Nos últimos anos, diferentes setores têm dado certo no mercado virtual, levando praticamente toda a experiência de compra física para o virtual. Até mesmo o consumo da moda, que resistiu a entrar na lista de compras online, hoje fatura grandes números desta forma.

 

Fase da prestação de serviços

A fase que se inicia agora e é grande tendência para o e-commerce, envolve a contratação de serviços. Vendas para filmes e entretenimento, como shows, cinemas e eventos esportivos, e, também, o pedido de comida. O delivery online é a grande aposta do e-commerce nacional, seguindo o exemplo de grandes redes como o Mc Donald’s, Habibs e China in Box.

 

Tudo o que há de novo envolve simplicidade. Unir tudo o que se precisa em um só lugar é o objetivo principal do comércio eletrônico, que já dispõe assinaturas de serviços, compra conveniente de diversos produtos, variedade e, agora, embarca no delivery online para revolucionar ainda mais a cultura de consumo da sociedade.

 

Aposte nestas tendências!Sucesso!

Comentários