O e-commerce está crescendo junto com a crise!

O e-commerce está crescendo junto com a crise!

O ano de 2015 foi no mínimo estranho. Foi um ano de crises políticas, muitos protestos e fechamentos de grandes operações no Brasil, sem dúvidas foi um ano difícil para “quase todos”. Em meio a esse cenário conturbado da nossa economia, o comércio eletrônico vem surpreendendo com um alto crescimento.

 

Segundo a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), em 2015, o setor cresceu 22% em relação ao ano anterior, faturando R$48,2 bilhões. Foram R$155,5 milhões de pedidos, com ticket médio de R$310.  Os destaques vão para os mais de 20% de acessos aos e-commerces realizados pelo celular e uma maior mobilização para a Black Friday brasileira.

 

E para 2016, mais um ano de crise. O que esperar?

Ainda de carona nos dados da ABComm, para 2016 espera-se um crescimento de 18% em relação a 2015 e um faturamento de R$56,8 bilhões. Serão R$190,9 milhões de pedidos nas lojas virtuais, com ticket médio de R$298. O mobile vem com mais força, 30% do total de pedidos deverão passar pelos aparelhos portáteis. Além disso, teremos mais destaque das PMEs, a expectativa é que sejam responsáveis por 22,1% da receita.

 

Este ano (2016) tem tudo para ser o ano do e-commerce, com a ampliação ao acesso à internet e aos novos modelos de pagamento online que facilitam a entrada de novos compradores, a vinda de mais lojas físicas para o online e até mesmo mais investimento por parte dos grandes lojistas para conquistar o seu espaço digital.

 

Estar no digital significa mais facilidades na hora de vender, mais promoções e por mais contraditório que possa parecer, é estar mais próximo do consumidor. Isso mesmo! A maioria deles, vão interagir pelo site, nas redes sociais e em outros canais de comunicação que o lojista disponibilizar.

 

Por isso, aproveite este ano que será o ano do e-commerce. Apresente novos atrativos na loja, crie a necessidade no cliente, conquiste-o!

 

Comentários