E-mail marketing na retenção e aquisição de clientes

E-mail marketing na retenção e aquisição de clientes

O e-mail é fundamental para o crescimento das vendas

 

Apesar de críticos terem declarado em várias ocasiões a suposta morte do e-mail, as campanhas de e-mail marketing só vem aumentando sua importância no marketing de retenção e aquisição de clientes, além de confirmarem que o e-mail é a mídia que tem o maior retorno de investimento (ROI).

 

Por que isso acontece? Porque o e-mail é uma forma direta de comunicação. Você pode abordar diferentes públicos atraindo-os com promoções e conteúdos relacionados com o seu produto, ao mesmo tempo em que pode fidelizá-los usando conteúdos e condições especiais ou exclusivas para quem é engajado com sua marca.

 

O e-mail também serve para dar retorno aos clientes, resumos semanais de notícias, detalhamento de contas, acompanhamento de pedidos ou processos, enfim, para virtualmente tudo. E, sempre, de forma instantânea. Por isso, o e-mail é um canal de comunicação muito eficiente no marketing digital.


O e-mail marketing na retenção e aquisição de clientes é indispensável

Entre fevereiro e março de 2016, a WBR digital em parceria com a Emarsys, entrevistou 254 profissionais de varejo dos EUA, em empresas com faturamento anual inferior a 100 milhões de dólares.

 

De acordo com os dados, 81% dos entrevistados disseram que o e-mail marketing impulsionou a aquisição de clientes e 80% afirmaram que foi crucial na retenção desses. Outras ferramentas digitais também apareceram na pesquisa: busca orgânica foi citada por 62% dos entrevistados como responsável pela aquisição e, 36% pela retenção. Já as mídias sociais, responderam com 51% para aquisição e 44% para retenção.

 

Confira abaixo a comparação:

Email marketing: o melhor para retenção e aquisição de clientes

 

Foco na abordagem de conversão aumenta a aquisição

A maioria das campanhas de e-mail  focadas em conversão se utiliza de call-to-actions para levar o cliente até um site ou landing page, e isto faz com que elas sejam muito úteis, tanto para atrair novos clientes, quanto para reter os atuais, pois induzem a realização de uma determinada ação.

 

Esta ação pode ser uma compra, um download ou a abertura de uma conta de testes, por exemplo.

 

Mas além do call-to-action, é necessário definir assuntos de e-mail que ressaltem as características do que é ofertado e que transmitam senso de urgência.  Uma dica é usar chamadas como “compre agora”, “últimas unidades”, “download agora” e “por tempo limitado”. Outra dica é usar emojis – está provado que eles aumentam muito as taxas de visualização e clique.

 

Outro ponto, talvez o mais importante para garantir o sucesso das suas campanhas de e-mail marketing, é a criação e manutenção de uma base de dados segmentada por interesses. Assim, será possível oferecer conteúdos relevantes, brindes, cupons de desconto e promoções para cada tipo de lead e perfil de cliente. Entra em jogo, então outro ponto fundamental: a personalização.

 

Personalização e automação voltados à retenção

A retenção de clientes é de suma importância, e se for deixada de lado pode gerar muitos prejuízos. A tradicional regra de Pareto nos diz que 80% da receita de uma empresa provém de 20% dos clientes atuais; já Philip Kotler, um dos maiores especialistas de marketing do mundo, afirma que conseguir novos clientes custa de 5 a 7 vezes mais do que manter os atuais. Então, investir em retenção é uma estratégia comprovada, não só para economizar, mas para manter a receita.

 

Email marketing na retenção e aquisição de clientes: automação de marketing e personalização

 

Ao analisar as preferências do seu contato e usar suas informações de maneira personalizada, você pode gerar o engajamento que resultará em retenção.

 

De fato, a personalização tem um papel muito forte na retenção. Um estudo realizado em maio de 2016 pela Evergage e Researchscape, mostra que 67% das empresas pesquisadas realizam personalização em seus e-mails, afinal os contatos interagem muito mais se estiverem de alguma forma relacionados ao conteúdo proposto. Personalizar o tratamento que se dá ao contato, como utilizar o nome dele ou enviar uma felicitação de aniversário, são formas simples de gerar identificação.

 

A automação de e-mail marketing viabiliza a questão de lidar com uma grande quantidade de dados de clientes, de criar estratégias de tratamento, implementar leadscoring e gerenciar réguas de conteúdo, permitindo a abordagem individual, baseada no perfil e comportamento de cada contato com as ações realizadas anteriormente.

Confira este tutorial de exemplo, que realiza uma automação de aniversário: http://www.dinamize.com.br/blog/automacao-aniversario/


Fontes:

 

Email Marketing Is a Double Win for Customer Acquisition, Retention – Emarketer
O que é mais importante, retenção ou aquisição de clientes? – Dito Blog
Você cuida bem dos seus clientes? Dicas de marketing de retenção para o pós-venda – Dito Blog
Captar clientes a través de una estrategia de Email Marketing por Raúl Mácias – Tooltip
US Marketers Push Personalization Most on Email, Websites – Emarketer
Adapting to the pace of omnichannel commerce – WBR Digital & Emarsys

 

Comentários