O seu e-commerce está juridicamente legal? – Parte III

O seu e-commerce está juridicamente legal? – Parte III

Confira neste post, a terceira parte da série “O seu e-commerce está juridicamente legal?” e veja algumas dicas de legislação para aplicar em sua loja, transmitir credibilidade e ampliar as suas conversões de vendas:

 

Código de defesa do consumidor.

O e-commerce pode ser considerado um estabelecimento comercial? Na prática, ainda não temos a resposta exata a este questionamento, mas, é interessante, e sugerimos, manter um link do CDC em um local de fácil visualização no seu e-commerce. Isso transmitirá credibilidade e transparência a seus clientes.

Respeito às leis estaduais.

Respeite as leis de cada Estado que regulamentam o e-commerce respeitando as suas particularidades, especialmente, quando a taxas e questões logísticas.

 

Para o seu e-commerce ser considerado juridicamente legal é importante e, obrigatório, aderir a essas práticas que, se aplicadas, ajudarão a prevenir eventuais autuações administrativas e judiciais pelos órgãos fiscalizadores competentes.

 

Coloque esses requisitos em prática! Sem dúvida, sua loja virtual terá a confiança dos seus consumidores e sucesso garantido no seu negócio! Boas vendas!

Comentários