Os adolescentes no comércio eletrônico

Os adolescentes no comércio eletrônico

De acordo com a ComScore, cerca de 80% dos adolescentes online na faixa etária de 12 a 17 anos visitam sites de varejo. Esses dados representam uma audiência de 12 a 15 milhões de compradores jovens. Segundo a concepção popular, os adolescentes são muito mais familiarizados com a Internet do que muitos usuários adultos.

 

Outro ponto importante a ressaltar é que a maioria dos adolescentes não tem o seu próprio cartão de crédito ainda que goste de fazer compras online, o que sugere que eles têm acesso aos cartões de crédito de seus pais e isso indica que o produto escolhido para a compra deve ter a aprovação dos adultos.

 

Os adolescentes são muito mais ousados em relação a tecnologia, porém, se algo não dá certo ou não funciona da maneira como esperam, eles simplesmente desistem do processo. Site lento, com poucas informações e interface complicada contribuem para que o jovem se recuse a fazer uma compra.

 

Os jovens são mais dispersos e ansiosos, por isso uma loja virtual que tem o objetivo de atingir especificamente este público deve estudar suas características, para poder aplicar tanto no site como nas publicidades pela web, ações que irão atrair a atenção e atingirão diretamente o público em questão.

 

Por mais complexo que possa parecer, atingir esses consumidores inconstantes não é tão difícil. O e-commerce para adolescentes representa um mercado potencialmente lucrativo. Estima-se que a frequência desses jovens nos sites de e-commerce obteve um total de 21 milhões de Euros, segundo o estudo Pew. Essa geração de usuários está crescendo junto com a internet e certamente serão consumidores ativos pelos próximos anos.

 

Boas vendas!

Comentários