Pesquisa aponta: compra virtual é consciente

Pesquisa aponta: compra virtual é consciente

Um estudo realizado pelo comparador de preços Kuantokusta, juntamente com a empresa de pesquisas Netquest, vem desbancar a teoria de que compra virtual é feita por impulso. Conforme dados da pesquisa, 61% dos entrevistados apontam que as negociações online são mais conscientes do que em lojas físicas.

 

A justificativa é de que as pessoas se sentem obrigadas a consumir em uma loja física pela pressão exercida pelo vendedor, segundo 57% dos entrevistados; o que naturalmente não acontece em uma loja virtual.

 

Outro ponto levantado no estudo é que o consumidor gosta de tempo para analisar as características do produto antes de efetivar a negociação de forma consciente, e isso no comércio tradicional é muito difícil devido a pressa e correria do dia a dia.

 

Há, também, que se levar em consideração que 54% dos consumidores de lojas físicas, consomem acompanhados, ou seja, dificilmente vão sozinhos a um estabelecimento. Isso evidencia a necessidade de confirmação de compra junto a um amigo pela falta de informações necessárias no produto.

 

Já no e-commerce, 73% dos e-consumidores realizam negociações sozinhos, porque têm confiança e acesso a todas as informações necessárias sobre o item desejado que, se não forem encontradas na loja virtual, podem ser vistas de forma rápida e simples através de sites buscadores e plataformas de vídeos.

Comentários