Previsões para o E-commerce 2011

Previsões para o E-commerce 2011

O ano de 2010 cercou-se por inúmeras novidades no que se refere ao mercado virtual, como por exemplo, a implantação das redes sociais junto às lojas virtuais, a expansão da internet banda larga, o crescimento da classe C nas negociações online, o número de e-consumidores que saltou de 17,2 milhões para 23 milhões, além do faturamento que chegará a R$ 15 bilhões.

 

Mas, e para 2011? Como os empreendimentos virtuais devem se preparar para a chegada deste ano novo? Espera-se para o ano de 2011 um crescimento de cerca de 35% para o comércio eletrônico comparado à 2010. Isso por causa da internet banda larga cada vez mais acessível aos brasileiros e do maior aparecimento não só da classe C nas negociações online, como também das classes D e E.

 

Outro fator de extrema importância é a melhora na segurança online que já está prevista. Com isso, o índice de satisfação dos consumidores também cresce ampliando, ainda mais, a presença de novos e-consumidores.

 

Os cartões de crédito já representam 80% das compras online o que significa que a maioria das transações serão pagas desta forma. Por fim, o Brasil continua na liderança do comércio eletrônico na América Latina, com 60,8%, o que mais uma vez garante a expansão dessa prática em todo o território nacional.

 

Prepare-se, 2011 reserva grandes surpresas para o e-commerce!

 

Boas vendas!

Comentários