Público-alvo e persona: como definir e aumentar suas vendas

Público-alvo e persona: como definir e aumentar suas vendas

Você já ouviu a expressão “atirar para todo lado”? É exatamente isso que acontece quando uma empresa não possui definição de público-alvo.

Quando se tem o objetivo de abrir uma empresa, muitas perguntas passam pela cabeça do empresário: quanto vou investir? Como vou começar? Qual será o foco da minha loja virtual? Porém, poucas pessoas se fazem uma pergunta fundamental e determinante para o futuro do negócio: para quem eu vou vender?

A definição de público-alvo é exatamente essa: direcionar esforços para vender para um grupo seleto de pessoas, identificando-as por faixa etária, sexo, estado civil ou renda.

Entretanto, mesmo com várias características do seu público-alvo, ainda se torna difícil visualizar quem são essas pessoas e descobrir características mais específicas, para que assim você possa levar sua comunicação até elas com precisão. Foi a partir dessa necessidade – e não há muito tempo atrás – que surgiu o conceito de persona.

Mas afinal, o que é uma persona?

A persona é a representação de seu consumidor ideal. Ela é uma figura baseada em interesses, desejos, histórias, ocupações e preocupações.

Ou seja: sua persona deve parecer alguém real, que entraria em contato com a sua empresa para adquirir o seu produto.

Para começar a descobrir quem é a persona do seu negócio, analise sua base de clientes. Busque características em comum entre eles. São do mesmo estado? Possuem cargos semelhantes? São presentes em redes sociais?

Se você ainda não tem uma base de e-mails, analise sua definição de público-alvo e busque pontos em comum dentro deste grupo.

Qual é a diferença entre persona e público-alvo?

O conceito de persona e público-alvo é muito confundido e muitas pessoas ainda acham que são sinônimos. Porém, há uma grande diferença entre dois: enquanto o público-alvo representa um grupo de pessoas, a persona representa apenas uma pessoa.

Ainda não ficou claro? Dê uma olhada no exemplo a seguir:

  • Público-alvo: Mulheres, de 25 a 50 anos, casadas ou divorciadas, com renda média de 3 mil reais. Buscam dicas para casa, família e capacitação profissional.
  • Persona: Rebeca, 33 anos. Trabalha com Recursos Humanos e tem uma filha. Procura cursos para desenvolvimento e capacitação profissional. Busca informações que possam auxiliá-la na educação de sua filha.

Deu para entender a diferença? Em geral, a persona é a forma mais humanizada e específica do seu público-alvo.

É normal que sua empresa possua mais do que uma persona. Porém, não exagere. Se uma persona pode limitar muito seu público, muitas personas podem fazer com que sua estratégia perca o foco.

Quais os benefícios de criar uma persona?

Sua persona é quem vai consumir diretamente seu conteúdo. Por isso, muitas vezes, ela funciona melhor como um norte do que o público-alvo. A partir dela, você poderá tomar decisões estratégicas para o marketing da sua empresa.

Veja a seguir alguns exemplos.

Linguagem de comunicação

Saber a linguagem correta para sua empresa pode ser muito difícil. Afinal, se você não visualiza com quem está falando, fica difícil entender com qual tom irá falar. Com a elaboração de uma persona, essa definição fica mais fácil e intuitiva.

Redes Sociais para seu negócio

Com uma persona bem definida, é possível saber em quais meios o seu público interage e, consequentemente, direcionar uma comunicação dentro deste canal.

Conteúdos que devem ser produzidos

O ponto forte que sustenta uma persona são seus interesses. Assim que você descobre quais os interesses do seu público, consegue direcionar um conteúdo específico para ele, com o objetivo de gerar interação, autoridade, ou até mesmo captação de leads qualificados.

Estilo e periodicidade da comunicação

De acordo com a possível disponibilidade da sua persona, é possível pensar na periodicidade da sua comunicação. Por exemplo: se sua persona é um empresário que passa a maior parte do seu tempo em escritórios com acesso à e-mail, o envio de e-mail marketing pode ser mais constante. Porém, se sua persona é um corretor, ou um vendedor, essa periodicidade deve ser reduzida.

A definição de persona para a segmentação de seu público-alvo é uma estratégia fundamental para seu sucesso, e uma ferramenta excelente para produzir conteúdo mais específicos e direcionados para quem irá de fato consumir.

Quer saber mais sobre esse assunto? Entre em contato com a gente.

Comentários