Quem quer ser empreendedor?

Quem quer ser empreendedor?

O desejo de montar o próprio negócio é uma realidade crescente, principalmente, entre os brasileiros. E a boa notícia da vez é que o Brasil se encontra ainda mais aberto a essa oportunidade.

 

Segundo o IBGE, o desenvolvimento de pequenas e médias empresas cresceu cerca de 10% nos últimos anos, representando 20% do PIB nacional. Além disso, esses empreendimentos são os maiores responsáveis pela empregabilidade do país, um total de 60%.

 

E quem puxa essa fila é o e-commerce. As vendas pela internet mantêm crescimento ativo desde sua propagação, apresentando hoje faturamentos acima dos 22 bilhões de reais e um total de adeptos que ultrapassa os 40 milhões; com um índice de satisfação de 86%.

 

Se não bastasse a facilidade em montar um negócio na web, o próprio mercado virtual se encarrega de apresentar as tendências a serem adotadas para conquistar o sucesso. Um estudo realizado pelo Serasa Experian, por exemplo, destacou que as categorias mais comercializadas, atualmente, são:

 

Eletrodomésticos – 12,4%
Moda e acessórios – 12,2%
Saúde, beleza e medicamentos – 12%
Informática – 9,1%
Casa e decoração – 7,9%

 

Além disso, a mesma pesquisa apresenta os caminhos pelos quais os consumidores virtuais chegam às lojas, sendo as ferramentas de buscas responsáveis por 27,25%; seguido pelas mídias sociais e fóruns (17,52%).

 

Ou seja, o empreendedorismo nunca esteve com as portas tão abertas para os brasileiros que sonham e ter o próprio negócio. Por isso, se você tem uma resposta positiva à pergunta “Quem quer ser um empreendedor?”, analise as vantagens do e-commerce e aposte neste cenário que só cresce!

Comentários