Redução de custos: por que e como fazer?

Redução de custos: por que e como fazer?

A redução de custos, em um ambiente empresarial, é uma das técnicas mais recorrentes e corriqueiras, mas, antes de sair reduzindo precipitadamente, é preciso planejar-se e fazer a si mesmo algumas perguntas, além de traçar um plano de “economia inteligente”.

 

Mas, a princípio, é preciso ter em mente quais as circunstâncias que levam às reduções. Ocasião de grande expansão, de baixa sazonal e a concorrência acirrada são alguns dos motivos que levam o empreendimento a readequar os preços, além dos fatores externos, como a queda do dólar.

 

Desta maneira, é certo ter em mente que, apenas vender não é o bastante sendo necessário, portanto, ter uma produção adequada e preços competitivos. Mas como?

 

Para auxiliá-lo a reduzir os gastos de sua empresa, elaboramos algumas dicas. Acompanhe, lojista!

 

Primeiramente, pergunte a si, qual o motivo da redução de preços?

 

Para que você não saia no prejuízo, lojista, é acertivo ter conhecimento de causa. Pode-se abater os preços objetivando a ampliação de vendas, a redução de estoque, bem como para evitar perdas, em caso de produtos cuja validade está próxima de expirar.

 

Mas como fazer a redução?

 

Motivação:
Pessoas engajadas e motivadas desempenham um serviço de maior qualidade. Saiba que o empreendimento cujos funcionários estão comprometidos, o rendimento e a produtividade são sempre melhores!

 

Qualidade:
Retrabalho, reclamações, produtos descartados; tudo contribui para o maior desembolso. Se a qualidade é um dos fortes de sua empresa, você não terá problemas com desperdícios, queixas e funcionários refazendo o trabalho mal executado do outro;

 

Terceirização:
Ao terceirizar é necessário pensar, não apenas, em reduzir os custos, mas também em agregar valor à sua marca. As parcerias devem somar, não subtrair, ou seja, não é de nenhuma valia terceirizar o serviço se o resultado final não estiver no agrado do consumidor.

Comentários