Emissor de Nota Fiscal Eletrônica próprio: saiba as vantagens de usar

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica próprio: saiba as vantagens de usar

 Muitos empreendedores não veem vantagem em utilizar o emissor de Nota Fiscal eletrônica (NFe) da Secretaria da Fazenda (Sefaz) em sua loja virtual, pois o aplicativo não está vinculado às atividades da empresa, de modo que os dados relativos às compras dos clientes precisam ser redigitados a cada emissão do documento. Por isso, os gestores de pequenas e médias empresas têm preferido operar com um sistema próprio.

 

Existem basicamente duas opções de emissor de Nota fiscal eletrônico próprio: aplicativos voltados exclusivamente para a emissão do documento, como o TiraNota, e sistemas mais completos, como o ERP Bling. Conheça as principais vantagens de utilizar um software especializado e como ele pode tornar a emissão de NFe mais simples.

 

Como emitir NFe com agilidade e economia

Com preenchimento por dados pré-programados, emissores de NFe geram o documento em poucos minutos, tornando o dia a dia das empresas mais dinâmico. Vamos fazer uma simulação: capturar dez pedidos (emitir NFe, gerar boletos, conferir pagamentos e gerir o estoque), exige cerca de 10 horas de trabalho de uma empresa sem software próprio. Já em um negócio informatizado são necessários apenas 50 minutos.

 

E, graças ao preenchimento automático, você evita erros no preenchimento da NFe, evitando transtornos ao cliente e ao empresário.

 

Emitir NFe por um sistema especializado é mais seguro

Um software em nuvem, além de acessível, é bastante seguro para emitir Nota Fiscal eletrônica. Isso porque um dos mecanismos utilizados é a criptografia para comunicação com os servidores, garantindo segurança ao arquivamento de senhas.

 

Emissor próprio é tendência de mercado

A informatização na gestão das empresas é uma tendência que vem ganhando cada vez mais adeptos. Qualquer negócio que possui quantidade significativa de vendas pode aderir a um sistema próprio para emissão de NFe.

 

Além de ser mais fácil gerar o documento, os empreendedores que escolhem um bom sistema de gestão (ERP) ainda saem na frente, pois utilizam soluções para administrar os diversos setores da empresa. Ferramentas para emitir boletos; controlar estoque, frente de caixa e cadastros; obter relatórios gerenciais precisos e integrar o sistema à plataforma de loja virtual (importando os dados do pedido automaticamente) são algumas das vantagens de um ERP em nuvem integrado à gestão.

 

E então, viu como um emissor de NFe próprio pode facilitar o dia a dia da sua empresa?

 

Comentários