Usabilidade e acessibilidade no e-commerce

Usabilidade e acessibilidade no e-commerce

Os avanços do comércio eletrônico no Brasil revelam-se através de crescentes números divulgados por pesquisas. Os cerca de 40 milhões de brasileiros, por exemplo, que já tem acesso à internet, bem como o aumento de mais de 86% na confiança dos e-consumidores ampliam a usabilidade e as chances de expansão do mercado virtual por todo o país.

 

Sabendo disso, a cada momento, novos empreendedores encontram no comércio eletrônico brasileiro uma real expectativa de crescimento, além da possibilidade de reconhecimento e sucesso para o sonho do seu negócio próprio. A partir de então, inicia-se a criação da loja virtual.

 

Ao desenvolver uma loja virtual é preciso pensar, primeiramente, no perfil do público que será atendido. Atualmente, as classes C, D e E têm adentrado nesse ramo de comercialização e, por isso, é de fundamental importância que a usabilidade e a acessibilidade sejam transmitidas de forma clara, atingindo desde pessoas com baixa instrução até pessoas com vasta experiência na rede.

 

Priorizar as necessidades de um segmento e prestar um atendimento direcionado a diferentes perfis são alternativas de sucesso possibilitadas pelo e-commerce. Portanto, para os novos empreendimentos na web atingirem sucesso, além de detalhes naturais, como layout personalizado, a usabilidade e a acessibilidade devem ser trabalhadas sob medida.

 

Boas vendas!

Comentários