Como montar uma loja virtual

Aprenda abaixo os passos básicos sobre como montar uma loja virtual e iniciar suas vendas através de uma loja virtual. A cada etapa concluída, clique em “Já completei este passo”. Após completar todos os passos, você estará apto a iniciar suas vendas online aproximando-se do sucesso.

Boa sorte!

1- Escolha o que você vai vender

Um dos processos iniciais para montar uma loja virtual é fazer a escolha do segmento e quais os produtos que serão comercializados. Qualidade, design e rentabilidade devem ser fatores fundamentais e determinantes para que os produtos escolhidos satisfaçam o consumidor e traga retorno financeiro para o lojista.

2 - Escolha seu domínio

A escolha de um domínio é um processo fundamental na identificação e divulgação da loja virtual, sendo esta tarefa importantíssima para o sucesso de um empreendimento online, por isso, é indispensável às lojas virtuais, a configuração de um domínio junto às empresas de registro de domínios.

3 - Escolha a plataforma que irá utilizar para sua loja virtual

Para montar uma loja virtual, escolher uma plataforma para e-commerce preparada para atender as necessidades do empreendimento é fundamental, pois através dela, o lojista terá mais facilidade ao gerenciar sua organização.

4 - Criação de logotipo e layout para sua loja

Ao iniciar a criação da loja virtual, o lojista poderá desenvolver um layout personalizado, objetivando despertar o interesse nos e-consumidores e comunicar o diferencial da empresa ou, então, poderá escolher um modelo pré-definido e alterar as cores dos mesmos.

5 - Quais serão as formas de frete que irá utilizar em sua loja?

A escolha das formas de frete é muito importante, pois o processo de entrega não pode falhar em uma negociação online. O lojista poderá disponibilizar as formas de frete e envio através dos Correios. São elas: Sedex, E-Sedex, PAC, Sedex a Cobrar, Encomenda normal, etc…

6 - Quais serão as formas de pagamento que irá disponibilizar?

O lojista deverá oferecer diversas condições de pagamento aos seus clientes, como planos, cartões de crédito, boleto e financiamentos, ou seja, diferentes opções de pagamento para os diversos perfis de consumidores, visando facilitar a venda de produtos e agregar credibilidade à loja virtual. Atualmente, existem inúmeras formas de pagamento que podem ser implantadas.

7 - Crie textos institucionais para sua loja

A fim de cultivar a confiança dos consumidores do e-commerce, é necessário que as lojas virtuais produzam textos institucionais, como por exemplo, um texto explicativo apresentando a loja virtual contendo missão, visão, valores e outras informações complementares como endereço, garantia dos produtos, política de troca, política de privacidade, dúvidas ou uma central de ajuda.

8 - Cadastre os produtos escolhidos

Ao cadastrar os produtos no e-commerce é importante listar as principais características e vantagens que ele proporciona aos seus consumidores, bem como sua forma de uso e funcionalidades. Expor detalhes como cor, tamanho, textura, modelos, e ainda, sempre que possível, um link destinado ao manual de instruções e sites dos fabricantes, agregam valor ao produto. As informações atualizadas e bem disponibilizadas ajudam o cliente a entender as funções do produto com clareza e realizar a compra com confiança.

9 - Segurança

Com a função de criptografar dados das transações garantindo a segurança das lojas virtuais, é possível aplicar dois tipos de certificado de segurança nas lojas virtuais: o Certificado próprio (https://www.seudominio.com.br), caso o lojista já possua um e o Certificado compartilhado (https://www.dotstore.com.br/nomedaloja), disponibilizado pelas próprias plataformas aos lojistas, sendo a Dotstore uma delas.

10 - Marketing digital

Toda empresa precisa desenvolver um trabalho de marketing digital para ser conhecida por seu público e para atingir novos consumidores. Com as lojas virtuais isso não é diferente, por isso, há três principais maneiras de divulgação que podem ser realizadas: SEO (Otimização para sites de busca), Links Patrocinados (Google, Yahoo, entre outros) e sites Comparadores de preço (Buscapé, Shopping Uol, entre outros).

11 - Redes sociais

As redes sociais são formas abrangentes que um empreendimento virtual pode fazer uso, com o intuito de divulgar sua marca, seus produtos e suas promoções, atingindo um público diferenciado com mensagens rápidas e objetivas, por intermédio de mídias como o Twitter, Facebook, Linkedin, Orkut, Formspring, entre outros.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Analisaremos seu negócio e enviaremos uma proposta personalizada, a fim de alavancar seus resultados.